O que fazer em DAVOS – Suíça

Davos – O lugar de superlativos

Ela é a cidade mais alta dos Alpes (1560 metros). É o maior resort nos alpes voltado para férias, esportes e conferências nas montanhas.
Detalhe: o Fórum Econômico Mundial acontece quase todos os anos em Davos.

Já dá para imaginar o que fazer em Davos. Não é mesmo? Vou contar logo e você pode assistir o vídeo que está no final do post 🙂

Onde fica Davos?

Fica no cantão de Graubünden (Grisões), perto da Itália e Áustria.
O idioma predominante é o alemão. Davos é ponto de partida para excursões desses trens famosos na Suíça: Glacier Express e Bernina Express.

Atrações no verão em Davos

Para os aventureiros: O que fazer em Davos? Há no total 700 km de trilhas na região. É só escolher uma montanha, subir de bondinho ou de trilha e lá de cima, decidir qual trilha pegar.


Além disso, pode visitar o lago de Davos, com sua área de nado, centro de surf e navegação.


É possível também fazer asa-delta, parapente, patinação in line e mountainbike. E aí? Já se achou em ” o que fazer em Davos” ?  Coloque esse paraíso no seu roteiro na Suíça.

Atrações no inverno em Davos

Davos é uma metrópole de esportes de inverno, destino de fãs de esqui e snowboard de todo o mundo. São 58 teleféricos, 3 pistas de trenó, 300 km de pistas, 75 km de pistas de esqui nórdico, dois rinques artificiais de patinação no gelo, bem como o maior rinque natural de gelo de toda a Europa.

Curiosidades em Davos

  • Davos tem a cervejaria mais alta da Europa e a primeira do cantão dos Grisões aberta ao público. É a Monstein. O ABC da produção de cerveja, passeios guiados, degustação.

Para quem gosta do mundo da cerveja, essa é uma ótima opção de o que fazer em Davos.

  • Outra curiosidade maravilhosa, que poucos sabem, é que Davos é o paraíso dos esquilos e pássaros que vêem comer na palma da sua mão. Sim, você leu certo ELES VÊEM até você. No vídeo abaixo, você pode conferir 🙂

Mas atenção: Não é qualquer época do ano que isso acontece.

No outono ou começo de inverno, os esquilos precisam acumular comida para todo o inverno. É lindo de se ver. Já fui umas 3 vezes para Davos, e cada vez que vou, é como se fosse a primeira. Eu amo esses bichinhos e gostaria que tivesse mais lugares assim na Suíça . O contato tão perto e íntimo com essas belezuras é o que mais me encanta.

Se você é amante da natureza e animais, já sabe o que fazer em Davos 🙂

Comidas para os animais

ATENÇÃO: Não é qualquer comida que eles podem comer.

Para os esquilos: Nozes

Para os pássaros: Ração específica

Eles são fofos. Eles são queridos. E merecem todo nosso amor e carinho.

Agora que você já sabe o que fazer em Davos, veja o vídeo e coloque esse lugar no seu roteiro na Suíça 🙂

 

 

Acampar em Lauterbrunnen – Suíça

Gosta de acampar ou pedalar? Tem somente 1 final de semana para isso? Mas gostaria que fosse perfeito e encantado? Continue lendo esse post, pois provamos que é possível acampar em Lauterbrunnen com todos esses atributos.

Lauterbrunnen – um sonho de lugar

Seu nome significa “Grandes Fontes” e não é à toa, pois essa cidadezinha possui no total 72 cachoeiras. É considerada uma das maiores àreas de conservação da natureza na Suíça. Ela fica no vale dos alpes. Só até aqui, você já tem 1 motivo para acampar em Lauterbrunnen 🙂

Mesmo que você não queira/gosta de acampar, vale muito a pena conhecer Lauterbrunnen.

Pedalando até Lauterbrunnen

Agora se você gosta de aventuras, sugerimos além de acampar em Lauterbrunnen, pedalar até a cidadezinha.

Independente do ponto inicial de sua pedalada, aconselhamos passar por Interlaken. Você não irá se arrepender, pois o caminho é surreal.

Caso tenha dúvidas, nos escreva. Te ajudaremos a “se achar” na rota 🙂

Nossa Experiência

Como somos amantes de aventura, pedalamos com nossa casa nas costas e na guarupa.

Essa foi uma das nossas experiências de bike tour curto que fizemos. Estávamos nos preparando para o nosso maior bike tour.

Como queríamos experimentar acampar e pedalar, Lauterbrunnen foi uma opção ideal. E claro, queríamos conhecer e explorar a tão famosa cidade das cachoeiras.

Nossa Rota

Saímos de Spiez, uma cidadezinha que faz parte do Lago de Thun, para acampar em Lauterbrunnen. Pedalamos em torno do lago de Thun até Interlaken e de lá seguimos até Lauterbrunnen. Você pode ver detalhes desse tour, no vídeo no final do post.

Nível de dificuldade

Com referência à nossa rota. Essas são as informações de inclinações/declinações e quilometragem.

 

Para quem não entendeu essas informações, o resumão seria: de Spiez até Interlaken é praticamente só descida.

 

 

 

 

Já de Interlaken em diante, há muitas subidas:

hahahahha As subidas não são fortes como essa da imagem. Isso foi só para relaxar 🙂

Garantimos que compensa cada pedala, pois a vista de todo o caminho é espetacular.

Dicas para as subidas de bike

Ficou sem energia física/psicológica?
Então:
Encontre um lugar perfeito para uma pausa;
Respira fundo; beba água; coma alguma fruta ou barra de cereal, pois tem açúcar e é disso que vc precisa nesse momento;
Aproveite a vista que esse lugar perfeito de pausa tem para repôr as energias.

Chegando em Lauterbrunnen

A recepção que você tem ao chegar na cidadezinha de Lauterbrunnen é espetacular.
Essa cachoeira, a Staubbach é imposante. Não há como não parar e admirar por horas. É cartão postal da cidade. Ela tem 300 metros de altura e é considerada uma das cascatas mais alta da Europa. Linda, não?

A primeira coisa que pensei ao chegar foi: UAU, que ótima escolha. Acampar em Lauterbrunnen é um sonho 🙂

O Camping

Num ambiente familiar, aconchegante e literalmente, no meio das montanhas, está o Breithorn Camping. 

Super indicamos. Nossa estada foi espetacular. É a melhor localização para acampar em Lauterbrunnen.

Vista da cachoeira Trummelbachfälle – Camping Breithorn

No vídeo logo abaixo, mostramos detalhes de tudo o que tem nesse Camping. Confira 🙂

É uma ótima opção para fazer o combo : Camping perfeito + A cachoeira mais famosa da região, que fica dentro de uma montanha: a Trummelbachfälle.

Qual o endereço desse paraíso?

Se você estiver pedalando ou de carro, é só seguir sentido à Trummelbachfälle.

O endereço é: Sandbach 255 – 3824 Stechelberg

O caminho até lá já te diz: “VALEU todo o esforço” .

Vídeos sobre Lauterbrunnen

Registramos nossa rota ida e volta, pausas, imagens lindas da cidade, cachoeiras e é claro, tudo sobre esse camping maravilhoso no vale dos alpes.

Eles estão dividido em 2 partes:

parte 1 – de Spiez até Lauterbrunnen + Camping Breithorn:

e parte 2 – Tudo sobre a cachoeira top de Lauterbrunnen, a Trummelbachfälle e a volta para Spiez:

Precisa de um tour guiado ou roteiro personalizado na Suíça?

Entre em contato conosco. Somos especialistas na àrea e conhecemos muito bem a cultura e idiomas do país.

Artigos relacionados com a cultura da Suíça:

Aniversário da Suíça

Sobre a Suíça

Festa do Vinho

Outros Bike tours na Suíça:

Bike tour de 5 dias e 3 países da europa

3 semanas pedalando na Suíça e norte da Itália – artigo

3 semanas pedalando na Suíça e norte da Itália – A saga em vídeos

Passeios em montanhas na Suíça

Cardada – parte italiana

Valle Verzasca – Suíça italiana

3 trilhas legais para se fazer na Suíça – na Suíça alemã

Triftbrücke – uma ponte sensacional – Suíça alemã

 

MONTANHA CARDADA CIMETTA – A fascinante vista dos dois pontos extremos da Suíça

VOCÊ SABIA?

Que os dois pontos extremos da Suíça em altitude são: o mais alto – Pico Dufour – Monte Rosa = 4.634 metros e o mais baixo – Lago Maggiore = 195 metros

E uma notícia ainda melhor, é que visitando a montanha Cardada Cimetta, você consegue ver esses dois pontos perfeitamente. A vista é incrivelmente maravilhosa.

Não é à toa que a montanha Cardada Cimetta recebe o título de ” A pérola do lago Maggiore”.

E ae? o que está esperando para incluí-la em seu roteiro?

NOSSA EXPERIÊNCIA

Subi a montanha Cardada Cimetta com mais 3 blogueiras e 1 fotógrafa. Todas são brasileiras e moram na Suíça.

Esse foi o #ExperienceCardada, onde juntas mostramos, especialmente para o público brasileiro, todas as atrações, possibilidades e dicas para aproveitar esse lugar.

Foi um dia inteiro de passeio, pois só assim se consegue aproveitar bem a montanha Cardada Cimetta.

ONDE FICA ESSE PARAÍSO CARDADA CIMETTA?

Na Suíça italiana. Ticino (em italiano) ou Tessin (em alemão).

Vocês já devem saber que eu amo essa região. Não foi por acaso que a conheci quase toda em nosso Bike tour de 3 semanas na Suíça e norte da Itália.

Entretanto, nunca tinha escutado sobre a montanha Cardada Cimetta, que por coincidência (ou não), fica no meio dos Vales que exploramos: Verzasca e Maggia.

Bom, isso era passado. Já conheci a montanha Cardada Cimetta e posso dizer que já estou apaixonada? ah…a Suíça italiana tem esse poder..cuidado.

COMO CHEGAR ?

O acesso se dá pela cidade de Locarno.

A parte bem interessante desse caminho até o topo (Cimetta), é que para subir, utilizamos 3 diferentes transportes num único dia.

São eles: Funicular, Bondinho e Cadeirinha.

PASSO-A-PASSO PARA CHEGAR ATÉ CARDADA CIMETTA

Funicular Madonna del Sasso

Funicular Madonna del Sasso

Chegando em Locarno, há sinalização para o funicular por toda parte.

Partindo da estação de trem de Locarno, são 10 minutos caminhando até o Funicular. A subida do funicular leva 15 minutos e a parada se chama Orselina.

Daqui, a vista já é muito linda e o monastério Madonna del Sasso (destino de peregrinação da Suíça italiana) é o rei da paisagem juntamente com o maravilhoso lago Maggiore.

MAdonna Del Sasso

Bondinho Cardada

Ao lado da estação do funicular, em Orselina, tem a estação do bondinho Cardada.

bondinho

 

bondinho

No bondinho cabe muita gente, nos leva à 1.340 metros e assim que “desembarcamos”, tivemos essa vista espetacular.

bondinho

A plataforma de observação de Cardada

Tem que ir até essa plataforma pois a vista é surreal. Daqui você verá o ponto mais baixo e o mais alto da Suíça, a cidade de Locarno, a Ilha Brissago, o lago Maggiore(impossante) e os Alpes do Valais.

plataforma observatório

Eu não queria sair mais dali, deu muita paz essa vista.

O que tem mais em Cardada?

O espaço é enorme e tem atrações para todos os estilos. Para quem quer curtir o local, estilo “relax”, pode deixar as crianças brincando no parquinho, enquanto bebe/come algo no restaurante, apreciando a vista maravilhosa.

Para os aventureiros de plantão, há muitassssss trilhas para trekking e mountainbike.

CADEIRINHA CIMETTA

Você verá as cadeirinhas e logo saberá que é lá a estação delas para subir até Cimetta.

Essas cadeirinhas tem capacidade para 2 pessoas e tem uma particularidade: Elas sobem “DE LADINHO” . Achei super estranho no começo, mas depois me soltei 🙂

cadeirinha

Com elas, subimos à 1.670 metros e chegamos à Cimetta.

Panorama 360°

Daqui, a vista é mais ampliada ainda e podemos ver toda a bacia do lago Maggiore e os alpes. Sensacional esse lugar.

montanha cardada cimetta
subida para o panorama

Dica: Tire muitas fotos, pois elas saem lindassssss.

montanha cardada cimetta
Sessão de fotos ativada

Como chegar em Locarno de transporte público?

É muito fácil. Se você ainda não conhece o aplicativo do sistema de transporte da Suíça, aconselho baixar. Ele facilitará muito sua vida no país.

É só digitar de onde para onde, que ele te dá todas as informações de horários e plataforma. Aqui funciona messmooo 🙂

Supondo que você saia de Zurique:

Há um trem com destino à Lugano (também parte italiana). É esse que você deve pegar e descer em Bellinzonna para fazer a troca do trem.

Em bellinzona, pega o trem que vai para Locarno.

Valor total do passeio

Contando que você saia de Zurique e tenha o Swisstravelpass, o transporte de trem (ida e volta = Zurique – Locarno) sai gratuito.

Já os tickets desses transportes: funicular, bondinho e cadeirinha, não são incluídos no Swisstravelpass.

Esses valores terão que ser pagos nos guichês de cada estação. O valor total para os três fica: Adultos: 44 francos (ida e volta) – Crianças: 22 (ida e volta).

Dicas

  • Vá com bons calçados, mesmo que você não faça trilha, pois há pedras e grama por toda parte.

montanha cardada cimetta

  • Leva uma blusa de frio (mesmo no verão), o vento é forte e pode ficar frio lá em cima.
  • Câmera fotográfica com bateria extra. Você vai tirar muitas fotos e fazer muitos vídeos. Vai por mim haha
  • DI-VIR-TA-SE muito. Colecione momentos especiais na montanha Cardada Cimetta. Vale a pena.
Fiz esse vídeo do dia para guardar essas imagens com muito carinho e colocar na minha coleção de momentos maravilhosos na Suíça: a montanha Cardada Cimetta:

Participaram do #ExperienceCardada

Realização: Ana Luiza de Souza (Pelo Mundo Blog)
As Blogueiras –  Monique Bianchi (Me Joguei no Mundo),  Renata Autran (As Viagens da Re),  e  Ester Santos (Esterzinha na Suíça Adventures)

A cobertura fotográfica foi feita por Laurentina – Fotógrafa na Suíça

Veja o que rolou no evento também, através da Hashtag #ExperienceCardada no Instagram e Facebook.

Apoio: Ticino Turismo e Cardada Cimetta

Artigos relacionados com a cultura da Suíça:

Aniversário da Suíça

Sobre a Suíça

Bike tour na Suíça:

Bike tour de 5 dias e 3 países da europa

3 semanas pedalando na Suíça e norte da Itália – artigo

3 semanas pedalando na Suíça e norte da Itália – A saga em vídeos

1 final de semana pedalando até Lauterbrunnen – parte 1

1 final de semana pedalando até Lauterbrunnen – parte 2

A tradicional festa do vinho em Spiez

Época de colheita da uva em Spiez

O verão vai embora na Suíça, as temperaturas caem e o Outono dá sinal de vida. Com ele, em setembro, a tradicional festa do vinho em Spiez abrilhanta ainda mais essa passagem da estação.

Onde fica Spiez ?

Spiez é uma cidade suíça pequenina, às margens do lago de Thun e à 45 Km da capital : Bern.

Bern Spiez

Para quem está turistando na Suíça pelos lados de Interlaken, deve incluir essa preciosidade de lugar em seu roteiro, pois são apenas 19 KM de distância.

Uns dos motivos mais fortes para visitá-la, é que ela possui o título da “baía mais bonita da Europa“.

Essa baía tem um elemento que destaca ainda mais sua beleza: o castelo de Spiez.

Castelo de Spiez

No final dessa matéria, você poderá responder se concorda ou não com esse título, pois tem um vídeo mostrando esse paraíso.

Como funciona essa tradicional festa do vinho em Spiez ?

Há mais de 75 anos que Spiez cultiva seu próprio vinho. Seu vinhedo fica nada mais do que ao pé do lago de Thun com vista para os alpes suíços, sua lindíssima baía e castelo.

Vinhedo de Spiez
O Vinhedo de Spiez

A tradicional festa do vinho em Spiez é celebrada há mais de 40 anos, sempre com 3 dias de muita festa.

Seu nome em alemão suíço é “Spiezer Läset – Sunntig“.

A programação da tradicional festa do vinho em Spiez

Ocorre sempre no segundo final de semana de setembro, de todos os anos, a tradicional festa do vinho em Spiez.

Disbribuídos da seguinte forma:

Sábado: Há competição de corridas no meio do vinhedo de Spiez. Muito bacana esse evento, onde eles dividem o grupo por categorias (crianças e adultos).

Domingo: O dia do tão famoso “Desfile de rua”. É a programação mais esperada do dia. Ocorre às 14 hrs.

Como funciona o desfile?

Os produtores de vinho desfilam com seus caminhões e distribuem vinhos para degustação. Quem não gostaria de experimentar?

Mas não há somente vinhos nesse desfile. É como se fosse uma apresentação da cidade, onde todos os coméricos dos mais variados tipos de produtos e serviços, igrejas, clubes e assoçiações, mostram “sua cara” para o público.

Total apoio para a Capoeira do nosso Brasil

Cada ano há um tema para o desfile. O do ano passado (2017) foi “75 anos do cultivo do vinho de Spiez” – veja o vídeo no final da matéria.

Desse ano será “Goldiger Herbst”, que significa, o “Outono Dourado”. A oraganização do evento é perfeita, tudo funciona corretamente. É lindo de se ver.

Para ver o desfile de domingo, precisa pagar a entrada de 7 francos.

Segunda-feira: O dia tão esperado e desejado. Essa segunda-feira, chamada “Spiez – Märit” é a tradicional feirinha de rua.

A vista da feirinha com o castelo ao fundo junto à baía de Spiez

Com muitos quiosques de comidas típicas da Suíça, bebidas, artigos artesanais, domésticos, grupos de músicos cantando no meio da rua,..enfim, muita coisa para ver e comer (adoro a parte da comida..hehe).

minha paixão: Raclette 🙂

O imenso carrosel faz a alegria da criançada, assim os pais podem aproveitar a feira tranquilamente.

A entrada é gratuita, o ambiente é muito familiar. A feirinha começa de manhã e vai até a noite. O legal é que é em uma segunda-feira, então a galera vai “em peso” depois do trabalho.

Ficou com vontade de participar nesse ano?

É no próximo final de semana: 08, 09 e 10 de setembro. Venha ver a tradicional festa do vinho em Spiez e me avisa 🙂

 Spiez

Veja no vídeo abaixo como foi a festa do ano passado (2017):

Siga-nos no Instagram,  Youtube  e Facebook.

Abraços da Esterzinha e até o próximo Post 🙂

Artigos relacionados com a cultura da Suíça:

Aniversário da Suíça

Sobre a Suíça

Bike tour na Suíça:

Bike tour de 5 dias e 3 países da europa

3 semanas pedalando na Suíça e norte da Itália – artigo

3 semanas pedalando na Suíça e norte da Itália – A saga em vídeos

1 final de semana pedalando até Lauterbrunnen – parte 1

1 final de semana pedalando até Lauterbrunnen – parte 2