Bike tour 5 dias e 3 países

 Dá mesmo para conhecer 3 países em um Bike tour de 5 dias ?

Sim.

Esse tour é perfeito para você que quer pedalar e conhecer outros países. Nesse único bike tour, você conhece a Suíça, Áustria e Alemanha.

Como é esse Biketour 5 dias e 3 países?

A facilidade de conhecer os 3 países é por causa do famoso lago “Bodensee”. Ele pertence à Suíça, Àustria e Alemanha.  Você pedala de um país para o outro sempre em volta desse lago maravilhoso.

E o melhor: Não há subidas. Todo o caminho é plano.

Esse lago é super famoso para fazer tour de bike. Há muitas famílias, jovens, idosos, enfim, todo mundo pedalando. É lindo de se ver.

A ciclofaixa é uma delícia. Como a demanda é enorme, o que não falta nas margens do Bodensee são campings e restaurantes. É tudo muito bem planejado.

É Claro que você pode fazer esse bike tour com mais dias, assim aproveita mais de cada lugarzinho.

Como não tínhamos muito tempo, provamos que é possível fazer um bike tour 5 dias e 3 países. Detalhamos nosso roteiro abaixo.

Nosso roteiro e experiências

Dia 1: Começa na Suíça – bike tour 5 dias e 3 países

Pegamos o trem com as bikes destino à Romanshorn.  Olha que legal: Se você sair de Zurique são apenas 1h10 minutos de trem até Romanshorn.

Compramos o bilhete das bikes com desconto, que custou 13 francos por pessoa. O desconto é quando você tem um bilhete para andar de trem na Suíça , o Swiss Travel Pass

Para entender: Na Suíça, quando você viaja de trem com bike, você precisa pagar a sua passagem e a da bike. O valor é individual.

É bom se atentar também ao embarcar com as bikes, pois existe um vagão específico para elas. A identificação está na porta do trem. Caso você entre em qualquer vagão, pode levar multa.

Vagão para bicicletas – trem suíço

Confira detalhes de como é esse vagão para bicicleta, no vídeo que está no final da matéria. Imperdível 🙂

Ponto Inicial do Tour: Da Suíça até a Áustria
De Romanshorn pedalamos sentido Arbon, depois até Bregenz = Áustria.
Cruzamos tranquilamente a fronteira Suíça – Áustria . Não há fiscalização, apenas um aviso, de que você deve portar documento de identificação.

Onde dormimos – Dia 1 
Achamos um Camping super fofo no caminho. O Seecamping Bregenz Olha esse por do sol? Apaixonante.

Custo total com taxas para 1 noite em tenda própria com 2 pessoas = 29.50 euros.

O que tem em Bregenz (Áustria)?
Conhecemos um pouquinho dessa cidadezinha linda. Ela é super turística. Há movimentação (pelo menos num sábado de férias de julho) por toda a parte.

Bregenz ganhou nosso coração, pois é uma cidade toda planejada para ciclistas e pedestres. Tudo é muito bem identificado, sinalizado. Dá um prazer enorme pedalar num lugar assim. Parabéns aos austríacos.

Há muitos restaurantes, bares e padarias em Bregenz. É para agradar à todos os paladares.
Estávamos na Áustria, porém jantamos num restaurante grego… Haha.. Mas valeu muito a pena. A comida foi maravilhosa e o preço então? Perfeito. 16 euros um prato de peixe típico. Já a cerveja, experimentamos claro, uma autêntica austríaca.

O nome dessa cerveja significa ‘moreninha’, está em parêntese porque o que eles querem dizer é ‘pretinha’. Na Suíça, esse termo é considerado racismo.

Dia 2: Da Áustria para a alemanha- biketour 5 dias e 3 países

Deixamos Bregenz de manhã, isso significa desmontar a barraca cedo e partir.
Tomamos café na cidadezinha de Bregenz – uma padaria fofinha, onde servem cappuccino nessa imensa xícara haha adorei.

Pedalamos até Lindau. É uma ilha que pertence à Alemanha. Então, cruzamos novamente a fronteira, porém dessa vez nem sentimos, não vimos a fronteira e derepente estávamos na Alemanha. Muito engraçado isso.

Lindau – a Ilha na Alemanha
Ô lugar Lindoooo.. Vale muiito a pena curtir essa ilha. É perfeita, super turística e toda bem planejada para receber os turistas. Estilo tropical. Amamos.

A ilha alemã ao fundo – Lindau

Não ficamos muito tempo na ilha, porque queríamos conhecer a fábrica de lúpulo. Nosso erro foi não olhar bem detalhado onde era e horário de funcionamento. Apenas pedalamos tentando seguir as placas.

Para nossa tristeza, não foi possível visitar a fábrica, depois de tanto pedalar, voltamos para o caminho no lago, à procura de um novo camping para ficar.

Caso você se interessa em visitar a fábrica, clica aqui.

Onde dormimos – (dia 2) ?

No caminho, encontramos o Camping Schloss – Kirchberg em Hagnau. Adoramos, pois chegamos com muita fome e lá tem restaurante. A pizza e pasta estavam deliciosas, pagamos cerca 35 euros para duas pessoas e com bebida.
Conhecemos a cidadezinha bem rápido, porém deu pra ver como ela é fofinha.

Se você é fã de pôr-do-sol como nós, o que não falta no lago Bodensee é lugar pra apreciar essa maravilha:

Custo total com taxas para 1 noite em tenda própria com 2 pessoas = 19.50 euros.

Dia 3: vários lugares na alemanha- bike tour 5 dias e 3 países

Deixamos o camping de manhã e dessa vez fomos até uma padaria da cidadezinha de Hagnau, compramos nosso café da manhã e fomos comer no lago. Experimente fazer isso.. É libertador. Uma paz tremenda, tomar o café da manhã com o barulho dos passarinhos e o vento batendo nas águas do lago.

Pedalamos muito após o café da manhã. Seguimos para a parte ‘alta’ do lago. Essa parte se chama ‘Überlinger See’. Passamos pela cidadezinha ‘Meersburg’, vale a pena a visita. Há um castelo lindão e famoso.

Depois, seguindo nosso caminho, passamos e paramos em ‘Ludwigshafen’ – é uma cidade de Porto. Eles fizeram um ponto SENSACIONAL para os ciclistas. Mostramos tudo no vídeo que está no final da matéria. Apaixonamos por esse projeto.

Onde dormimos – dia 3?

Ficamos em Camping Markelfingen. Ele é perfeito. As barracas ficam embaixo dessas árvores lindas. Perfeição 🙂


Diferentemente dos dias 1 e 2, decidimos ficar 2 noites nesse camping. Tivemos a ideia de dar uma volta no laguinho demarcado abaixo, que se chama ‘Untersee’, e claro, deixamos as bagagens no camping e partimos sem peso na bike.

Custo total com taxas para 2 noites em tenda própria com 2 pessoas = 49.80 euros.

Camping
Eles fizeram um camping perfeito, com restaurante de frente para o lago,criando um ambiente bem agradável. Estilo tropical.
Para comemorarmos tantas pedaladas desse dia, tiramos nosso descanso merecido de boa no lago.

Dia 4 – tour no pequeno lago “Untersee” pertencente á alemanha e suíça

Segundo dia nesse camping. Saímos de manhã cedo, para tomar café na cidadezinha próxima, em Radolfzell.
Como estávamos sem peso na bike, automaticamente estávamos motivados à pedalar muito.
Nosso destino : Dar a volta no lago pequeno, o ‘Untersee’ e depois pedalar até a ilha ‘Reichenau’, que é patrimônio cultural da UNESCO.
A volta ao lago pequeno foi ótima. Estávamos na Alemanha, passamos a fronteira da Suíça e depois voltamos para a Alemanha, pois a ilha é alemã.
Parte Suíça – É na linda cidadezinha que amamos : Stein am Rhein – Visite-a vale muito a pena.

Stein am Rhein

A ilha Reichenau– Ela é imensa. Vá com tempo para conseguir ver e curtir. É uma ilha um tanto diferentona haha Há muitas plantações de muitas coisas, desde legumes até vinho.

a entrada da ilha Reichenau

Interessante : Há moradores lá, é tudo junto e misturado, mas tudo funciona direitinho. Para maiores informações da Ilha Reichenau, clica aqui.

Presente do céu

Voltando da ilha, estávamos à procura de um lugar perfeito para vermos o pôr do sol e para comemorarmos nossa última noite desse tour.
Achamos em ‘Allensbach’, um restaurante perfeito. No alto e com a vista para o lago, foi nosso presentão. A comida é maravilhosa e de quebra, esse por do sol nos dizendo: Valeu meu caros ciclistas, valeu a pena.

Dia 5 – a volta para a suíça

Último dia do tour. Estávamos super cansados, porém satisfeitos com tanta coisa que vimos, aprendemos e conhecemos.
Saímos do camping felizes e seguimos sentido destino final: ‘Romanshorn’ – na Suíça.

Pedalar nesse verão de 2018 – bike tour 5 dias e 3 países

Esse ano o verão chegou com tudo na Suíça. As temperaturas chegaram à 35 graus. Seria perfeito se chovesse, mas não choveu o quanto deveria, estava tudo muito seco. E imagina nós, pedalando nesse forno?

Com nossas experiências nesse tour absolutamente quente, aconselhamos:

1) Comece cedo sua pedalada
No verão suíço, às 08 hrs da manhã já está quente e  você sente isso ‘na pele’. A vantagem de sair cedo do camping é que você pode fazer uma pausa maior de almoço. Assim você ganha tempo e descansa no período mais quente do dia.

2) Faça pausa ao meio dia.
O período mais quente do dia é das 12hrs até às 15hrs. Por isso é importante sair cedo para pedalar, você só tem à ganhar. Vai por nós.

Mais dicas para pedalar na suíça, clica aqui.

O lado bom de fazer um bike tour em volta do lago no verão

É que você pode sempre parar para dar um ‘ti bum’ e se refrescar.
Nessa de pararmos para nos refrescar, conhecemos cantinhos lindos e especiais.
A parte do lago Bodensee, que elegemos a mais linda, foi no final do nosso tour.
Em ‘Uttwil’ – é um lugar pequenino, à 7 km do destino final ‘Romanshorn’. Foi um achado abençoado. O caribe suíço:

Foi definitivamente nossa despedida de um tour de bike maravilhoso em volta do lago Bodensee.

Aqui filmamos tudo. Assista, inspire-se e faça esse bike tour 5 dias e países 🙂

3 respostas para “Bike tour 5 dias e 3 países”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *